Cidade
Buscar por
Não encontrou o que procura? Atualizar meu cadastro
  • Léofer

Projeto Suasa fortalece agroindústrias familiares

08/03/2013 | por Jornal de Beltrão


Membros do Ministério do Desenvolvimento Agrário e da Unicafes Paraná debateram programas; ao fundo, o presidente da Unicafes, Luiz Possamai.

 

Uma das principais atividades desenvolvidas pela agricultura familiar no Estado do Paraná são os pequenos empreendimentos solidários, responsáveis pelo beneficiamento, processamento e transformação de produtos agropecuários in natura.

A Unicafes Paraná, em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), vem desenvolvendo um projeto que visa o fortalecimento das agroindústrias por meio da qualificação da mão de obra e do planejamento da gestão e produção dos empreendimentos pertencentes aos municípios da área de abrangência da Unicafes PR.

O objetivo principal é a certificação e qualidade higiênica sanitária dos produtos através da adesão ao Sistema Único de Atenção à Sanidade Agropecuária (Suasa), novo sistema de inspeção implantando pelo Governo Federal em 2006 que permite a legalização e implementação de novas agroindústrias, além de facilitar a comercialização dos produtos industrializados localmente em todo o território brasileiro. O projeto contempla ações de identificação, regularização da inspeção municipal, oficinas de mobilização e capacitação do poder publico e dos agricultores familiares nas questões higiênico sanitárias.

 

Resultados já obtidos

Nos dias 25 a 27 de fevereiro, a equipe técnica da Unicafes e do MDA esteve visitando algumas agroindústrias beneficiadas com o projeto. A pesquisa apontou o município de Guaraniaçu com maior número de agroindústrias (57), seguida de Francisco Beltrão (28).

No dia 26, a equipe de projetos da Unicafes juntamente com o presidente, Luiz Ademir Possamai, realizou uma reunião com representantes da empresa ganhadora da licitação, a Equipe de Técnicos Agroecológicos da Fronteira LTDA.

A reunião tratou de avaliar a execução da primeira etapa, realizada em 2011, quando foram mapeados e diagnosticados 254 agroindústrias, em vinte municípios destas regiões. Na oportunidade foram coletados dados dos municípios, tipos de produtos industrializados, certificação dos produtos e estruturas física e profissional.

Segundo informações da equipe de projetos, no total já foram mapeados 757 empreendimentos em 110 municípios do Estado, onde a Unicafes PR possui atuação direta.

Destes, foram identificadas 16 categorias de produtos, sendo a cana-de-açúcar presente em praticamente todas as agroindústrias visitadas, número este que deve sofrer alterações em virtude da grande rotatividade do mercado.

 

Ações de mobilização

Debates de sensibilização e mobilização para adesão ao novo sistema deverão ocorrer ainda este ano com os municípios e as agroindústrias.

Segundo Luiz Possamai, as autoridades locais e regionais ainda não estão cientes da importância do Suasa para o desenvolvimento local.

O presidente cita o exemplo do município de Cascavel que já aderiu ao novo sistema, permitindo que os produtos sejam comercializados em todo o território nacional, resultando na maior produtividade e consequentemente geração de renda, tanto para o agricultor familiar quanto para o município. “Isso tudo traz mais segurança e confiança na qualidade do produto ao consumidor”, destaca o presidente.

 

Sobre o Suasa

O Suasa foi regulamentado em 2006, por meio do Decreto nº 5.741, e a sua finalidade é garantir a saúde dos animais e a sanidade dos vegetais, a idoneidade dos insumos e dos serviços agropecuários e a oferta de produtos agropecuários seguros e em conformidade com os padrões mundiais de segurança. Até o momento, cinco estados brasileiros aderiram ao Suasa (Distrito Federal, Rio Grande do Sul, Paraná, Minas Gerais e Bahia) e já têm suas produções certificadas dentro de um sistema com padrões de excelência.

 

Aderir

Para aderir ao Suasa, os municípios têm duas formas: individual, onde cada município solicita sua adesão; ou coletiva, por meio de consórcio de municípios, quando a estrutura do serviço (equipe técnica de inspeção, veículo, computador, telefone e sala) pode ser a mesma para todos que fazem parte do consórcio e os custos podem ser divididos. Os municípios que optarem pelo consórcio devem primeiro criar o seu Serviço de Inspeção por meio de lei municipal e de regulamento, para depois estruturar e executar o serviço em conjunto.

Outras notícias

  • 03/05/2016 | por Jornal de Beltrão Bonsai: uma arte milenar que cresce na região   O pessoal se encontra para trocar experiência no cultivo dos bonsais. Fotos: Beto Rossati Bonsaístas de Pato Branco e microrregião se encontram pelo menos uma vez por mês para trocar experiências e conhecimentos sobre a milenar arte do culti...
  • 03/05/2016 | por Jornal de Beltrão Dia 8 de maio tem teatro de graça em DV O Circuito Cultural Sesi, com o apoio do Departamento de Cultura, traz para Dois Vizinhos a apresentação do musical "Por um lindésimo de segundo". A peça trata de uma aproximação intimista da vasta e atemporal obra do renomado poeta Paulo Leminski. Neste musi...
  • 03/05/2016 | por Jornal de Beltrão Agricultores devem vacinar 14.158 animais contra a aftosa   Rebanho de bovinos e búfalos começa a ser vacinado em todo o Estado.   A campanha de vacinação contra a febre aftosa, etapa de maio, que inicia-se neste domingo, 1°, e se estende até o dia 30, prevê a vacinação de 137.118 bovídeos (bovinos...
  • 03/05/2016 | por Jornal de Beltrão Dia do Trabalhador vai ser repleto de festas na região   Leitão maturado é o prato principal da festa de Itapejara.  Foto feita no lançamento da festa, dia 31 de março.   Além de Eneas Marques, outros municípios da região também tem almoços especiais neste Dia do Trabalhador - é o caso de Franc...
  • 03/05/2016 | por Jornal de Beltrão Câmara técnica agora avalia a qualidade da água dos rios   Integrantes da Câmara Técnica que avalia a recuperação de matas ciliares. Junto com outras práticas como conservação do solo e estradas rurais, o objetivo é melhorar a qualidade da água que abastece as cidades. Tudo isso tem a ver com o retorno do ...
Mais notícias

Editora Jornal de Beltrão S/A Copyright ©2011    Desenvolvimento: CEICOM